Home / Sem categoria / Ação rápida da PM em SFI resgata taxista de Bom Jesus do Itabapoana, das mãos de sequestradores do Espírito Santo-ES

Ação rápida da PM em SFI resgata taxista de Bom Jesus do Itabapoana, das mãos de sequestradores do Espírito Santo-ES

Mais um taxista vitima da violência na Região. Nilson Cardoso da Silva, que mora e trabalhava em Bom Jesus do Itabapoana estava desaparecido desde a noite dessa terça-feira (18), ele apareceu após ser resgatado pela ação rápida de policiais militares, às 20h30, desta quarta-feira (19), das mãos de dois criminosos que o manteve refém por 24 horas no interior do seu veículo.

O carro foi interceptado por policiais militares do 8 BPM de Campos, quando passava pelo portal da cidade de São Francisco de Itabapoana, região norte do Rio de Janeiro.

Policiais militares já tinham conhecimento do desaparecimento da vítima no seu táxi GM/Classic, cor preta. quando avistou o táxi no acesso ao município de SFI e assim realizaram a abordagem , encontrando a vítima refém dos dois suspeitos, sendo confirmado naquele momento através do taxista que havia sido sequestrado na noite anterior. ocasião em que ele foi colocado no porta malas do veículo. No momento da abordagem, um dos sequestradores dirigia o Corsa, o outro no banco carona e a vítima no banco de trás.

Os presos são da cidade de Bom Jesus do Norte, no Espírito Santo, ambos com vários antecedentes criminais, dentre os crimes, furto, lesão corporal, invasão a domicilio, dentre outros. Após receber voz de prisão, a dupla de criminosos foi apresentada na 147 Delegacia de Polícia de SFI, onde a o taxista prestou depoimento e foi encaminhado ao hospital da cidade.

De acordo comandante do 8 BPM de Campos, tenente coronel Rodrigo Ibiapina, “A ação de hoje, mostra mais uma vez que a Polícia Militar está atenta e sempre disposta a servir e proteger os cidadãos, oferecendo uma segurança pública eficiente e com qualidade”, garantiu Ibiapina ressaltando que os crimes ocorridos e de imediato comunicados à Polícia tem maior probabilidade de serem solucionados e em muitos casos, salvar vidas, como aconteceu com esse taxista.

_ Trabalhamos com informações. não esperamos 24 horas de um desaparecimento para iniciarmos buscas pela vítima. Informado à Pm ou para a Polícia Civil de imediato começa à procura pelo desaparecido. Assim foi feito nesse sequestro ao taxista, e em todos os outros casos _ finalizou o comandante.

Por: Sandra Santos

Você pode Gostar de:

Seminário debate contradições e potencialidades de Campos dos Goytacazes

As “singularidades, contradições e potencialidades de Campos” esteve em debate no início deste mês no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *