Home / Polícia / Assassino da Professora Regiane Santos, o ex-marido Paulo Rangel se entrega à Polícia Civil em Itaperuna

Assassino da Professora Regiane Santos, o ex-marido Paulo Rangel se entrega à Polícia Civil em Itaperuna

Acabou o mistério da fuga e de um possível suicídio do comerciante, Paulo Rangel. Ele se entregou nesta sexta-feira (05), à Polícia Civil em Itaperuma, trinta horas depois, de ter executado a tiros a ex-mulher, a professora Regiane da Silva Santos, de 35 anos. O crime aconteceu na noite da última quarta-feira, em Travessão, em Campos.

Ele encontrava-se foragido oficialmente desde a noite de quinta-feira (04). Hoje pela manhã, ele acompanhado de um advogado, se apresentou ao delegado da 143 DP (Itaperuna). A defesa de Paulinho, como é conhecido, disse que irá entrar com pedido de harbeas corpus ainda hoje, para que o seu cliente possa responder pelo crime de feminicísmo, em liberdade.

Desde a noite do crime, que chocou a população do distrito de Travessão, boatos nas redes sociais davam conta de que ele havia cometido suicídio mas, para a Polícia Militar que manteve à procura pelo suspeito, tudo não passou de estratégia para que às buscas por ele fossem desviadas.

Para o advogado Nelson Pacheco, do suspeito ter se entregado à Polícia , não o isenta da gravidade do crime que está sendo caracterizado como feminicísmo. “O suspeito, mesmo no calor da emoção após ter executado a mãe dos seus filhos, não perdeu o equilíbrio  e  fugiu, sabendo que agindo dessa forma, se livraria do flagrante. Com isso, a sua defesa tem a justificativa agora de entrar com o harbeas corpus, pelo fato dele ter voluntariamente se apresentado à Polícia. Vamos aguardar a decisão se a Justiça irá deferir ou não esse pedido”, explicou Pacheco.

A professora Regiane Santos, 35 anos, foi morta a tiros dentro de uma academia de ginástica, onde entrou para fugir do assassino, o ex- marido comerciante  Paulo Rangel. 

Durante a fuga,  Paulo que é dono de uma choperia na Cidade de Cardoso Moreira, teria tentado tirar a própria vida  atirando na cabeça. Ele teria sido encontrado  na estrada de Sapucaia, no interor do veículo.  Mas tudo não passou de boatos                                                   

As especulações sobre o desaparecimento de Paulo após matar a ex mulher . O comandante acrescente que as buscas ao suspeito são ininterruptas até que fosse encontrado.

Paulo estava escondido na casa de familiares em Cardoso Moreira e Italva.

Regiane chegou a ser socorrida mas, morreu a caminho do hospital Ferreira Machado. Ela deixa 3 filhas de 8, 5 e 3 anos.

Segundos familiares de Regiane, ela havia denunciado o ex-marido “amparada” pela Lei Maria da Penha,  ocasião, em que conseguiu uma medida protetiva.  Mas isso não impediu de ser morta pelo suspeito. Pessoas que estavam na academia testemunharam o crime e foram fundamental para apontar Paulo Rangel como o assassino d professora.

Mais informações em instantes.

Por: Sandra Santos

Você pode Gostar de:

Pescador de 56 anos está desaparecido em Barra do Itabapoana

O pescador Geraldo Ayres Rosa, de 56 anos está desaparecido desde a noite do último …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *