Home / Saúde / Funcionários públicos municipais vão às ruas em prol da Saúde em Campos

Funcionários públicos municipais vão às ruas em prol da Saúde em Campos

Servidores públicos municipais da saúde de Campos estão nas ruas neste domingo (30) para protestar contra as más condições de trabalho.

Segundo eles em várias unidades de saúde não tem médicos como na (UPH) Unidade Pré Hospitalar do Farol que crianças precisaram de atendimento médico neste domingo e não puderam ser atendidos também no Hospital São José. em Goitacazes devido a falta de pediatra. Não para por aí, o Sandu de Guarus está fechado hoje, devido a falta de médicos.

Ainda segundo os manifestantes, nas unidades de saúde do município além da falta de médicos, a falta de insumos remédios e materiais para curativos entre outros. Para piorar a situação na semana passada até o remédio dipirona estava em falta no Hospital Ferreira Machado, referencia no atendimento emergêncial em toda a Região.

Os servidores das unidades médicas de Campos estão tendo que levar água de casa para beber e papel higiênico por que está em falta. No Hospital São José, com três datas agendadas para ser inaugurado e até hoje o atendimento continua ono antigo prédio não é diferente. na última sexta-feira, funcionários tiveram que deixar pacientes à espera do atendimento para sair à rua para comprar água. Revolta total na população.

Uma criança precisou de atendimento médico na (UPH) do Farol neste domingo mais não pode ser atendida por que não havia médico pediatra. Segundo os populares, a criança foi levada pelos pais para o Hospital São José na tentativa de ser atendida porém chegando na unidade os pais foram informados que na unidade também não havia médico pediatra.

Nas redes sociais mães se desesperam querendo informação de onde encontrar médico pediátrico da rede publica na cidade, neste domingo.

A Prefeitura de Campos informou que os atendimentos médicos na UPH do Farol seguem normalmente neste final de semana e que há sim Pediatra de plantão na unidade e que eles estão atendendo em caso de emergência. resposta que revoltou os moradores e familiares da criança.

Nas redes sociais mães se desesperam querendo informação de onde encontrar médico pediátrico da rede pública na cidade, neste domingo.

“Como eles podem desmentir o que pode ser comprovado indo até as unidades médicas. Eles estão brincando com a população.” finalizou uma mãe.

Por: Sandra Santos

Você pode Gostar de:

Pescador de 56 anos está desaparecido em Barra do Itabapoana

O pescador Geraldo Ayres Rosa, de 56 anos está desaparecido desde a noite do último …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *