Home / Campos RJ / Professor de artes marciais preso em Campos após agredir a namorada que é médica. Suspeito liberado ao pagar R$ 10 mil de fiança.

Professor de artes marciais preso em Campos após agredir a namorada que é médica. Suspeito liberado ao pagar R$ 10 mil de fiança.

A médica Cynthia Maciel foi agredida pelo namorado, o   lutador e professor de Muay Thai, Francinei Faranozi. Ele foi detido em uma academia em Campos, na tarde desse domingo (18), horas depois da violência, e responderá pela Lei Maria da Penha.

Ele mesmo teria socorrido a vítima a levando para o hospital mas, alegou mentindo, que os dois teriam sofrido um  acidente de carro. Desconfiados, a equipe médica acionou a Policia Milirar de plantão na unidade de saúde.

As primeiras informações, segundo a Polícia,  o lutador foi autuado na Lei Maria da Penha, pagou fiança no valor de R$ 10 mil e foi liberado.

A médica recebeu alta na manhã desta segunda-feira (19), do Hospital Ferreira Machado, onde ela trabalha e no início da tarde prestou depoimento na delegacia.

Ela contou que foi agredida dentro do próprio carro pelo namorado, o qual estava junto há cinco meses. Essa teria sido a primeira agressão física sofrida durante o relacionamento.

A vítima contou também que as agressões aconteceram devido a uma crise de ciúmes que o lutador teve em um restaurante de comida japonesa da cidade, local que ela frequenta há muito tempo e que todo mundo a conhece.

Segundo a médica, Francinei Farinazo agiu de maneira grosseira e, sem graça, ela saiu para outro lugar com a prima e amigas que faziam companhia. Em seguida, ela recebeu o telefonema de um amigo dele, dizendo que estava arrependido. A vítima, então, voltou para ouvi-lo. Dentro do carro dela, há todo momento, ele estava agressivo, fora de controle.

Ainda no depoimento, a vítima contou que saiu com o carro para deixá-lo em casa ou em outro lugar que ele quisesse ficar e, neste momento, ele a agrediu enquanto ela dirigia. Em perdeu os sentidos e só acordou quando estava no hospital.

A academia onde trabalha o suspeito informou através das redes sociais que ele será desligado de suas funções nesta segunda-feira (19), e destaca ainda que não efetuou qualquer pagamento de fiança do professor.

Mais informações em instantes.

Por: Sandra Santos

Você pode Gostar de:

Concurso ambiental premia estudantes.

Alunos da rede municipal produziram vídeos sobre a Reserva Caruara para projeto da Porto do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *