Home / Campos RJ / Médicos de Campos por unanimidade rejeitam pacto e mantémgreve por tempo indeterminado.

Médicos de Campos por unanimidade rejeitam pacto e mantémgreve por tempo indeterminado.

Os médicos de Campos decidiram manter a greve, desta vez,  por tempo indeterminado. A decisão foi tomada, após assembleia na noite desta quarta-feira (14), realizada na Faculdade de Medicina de Campos. Os profissionais estão paralisados desde o último dia 7.

Nesta quinta-feira 915), médicos plantonistas do Hospital Ferreira Machado, que chegava para mais um dia de trabalho se reuniram informalmente e aderiram a decisão da classe, em manter a paralização. Eles não aceitam a proposta de 50% do pagamento feito pelo Prefeito .

“Se aceitarmos uma proposta dessa, o problema vai virar bola de neve. Se a Prefeitura não pagar os 100% a greve será mantida”, afirmou um dos médicos.

No HFM o atendimento está sendo mantido tanto na emergência quanto na urgência. Porém, com lentidão, devido a grande demanda, já que em outras unidades de saúde o ambulatório não está funcionando. O setor do PS de maior numero de pacientes aguardando é a ortopedia. Cerca de 20 a 40 pessoas aguardando por mais de duas horas para serem atendidos.

Nessa terça-feira (13), o pagamento de 50% das substituições, 50% das gratificações e abono das faltas no setor ambulatorial durante a greve foi feito um pacto entre o prefeito Rafael Diniz e pelo secretário municipal de Saúde, Abdu Neme, em reunião com o presidente do Simec, José Roberto Crespo, e outros representantes dos médicos, que saíram, na ocasião satisfeitos com a proposta entre eles.

A Prefeitura chegou a anunciar o fim da greve da categoria mas, durante a assembleia, os posicionamentos dos servidores da emergência e do ambulatório foram diferentes. As reivindicações da classe foram mantidas e a proposta apresentada pelo município rejeitada. O Simec vai formular uma contraproposta.

Em nota, a Prefeitura de Campos disse que vai aguardar o posicionamento oficial através do sindicato da categoria, assegurando que adotará todas as medidas cabíveis para garantir o atendimento da população. Os termos do acordo restarão suspensos até que o município seja formalmente informado sobre a decisão da categoria.

Você pode Gostar de:

Com 19 mil doses aplicadas, vacinação contra a gripe em Campos retoma dia 30

Campanha será interrompida às 11h desta sexta (27 de março). Prefeitura já solicitou ao Estado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *