Home / Saúde / Saúde prioriza combate ao Aedes aegypti em Quissamã

Saúde prioriza combate ao Aedes aegypti em Quissamã

Saúde prioriza combate ao Aedes aegypti

Com o alto índice de casos de dengue que vem atingindo o país, principalmente a região Sudeste, segundo informação liberada na terça-feira (30) pelo Ministério da Saúde, Quissamã se destaca com o trabalho realizado pelo setor de Vigilância em Saúde, na conscientização e na importância de se combater possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Os casos das doenças aumentaram cerca de 339% em todo território nacional.

Segundo o coordenador de Vigilância em Saúde, Leonardo Chagas, de janeiro a abril de 2019 foram realizadas 19.147 visitas domiciliares com objetivo de controlar a proliferação do Aedes aegypti e também aconteceram 28 atividades de promoção em saúde. E foram registramos somente três casos de chikungunya, sendo dois deles contraídos fora do município e apenas um aqui; um de dengue e nenhum de zika.

“É importante destacar que a população precisa continuar tomando os cuidados necessários para impedir a proliferação do Aedes aegypti em seus quintais. Pois Quissamã é o único município da região que, diferente de Macaé e Campos dos Goytacazes, que tiveram uma explosão de casos, não teve um aumento no número de registros de arboviroses. E somente com a população cuidando de suas residências poderemos continuar com esse resultado positivo. Destaco ainda a distribuição de, aproximadamente, 5 mil repelentes pela Estratégia de Saúde da Família e ações da Vigilância em Saúde”, completou.

Por: Ascom/Quissamã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *