Ultimas Noticias
Home / Política / Sem acordo, sem atividades: Greve dos servidores de Campos prevista para o dia 15 próximo

Sem acordo, sem atividades: Greve dos servidores de Campos prevista para o dia 15 próximo

Como já foi divulgado pelo JN Notícias em Foco, na quarta-feira (8), não houve acordo na reunião entre o prefeito de Campos, Rafael Diniz, e os representantes dos servidores municipais.

A categoria decidiu por greve geral a partir do dia 15 deste mês. Durante a paralisação prevista para o dia 15, 30% dos profissionais da saúde e segurança vão continuar trabalhando.
O diretor do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais (SIPROSEP), Alexandre Stoller, declarou que Rafael manteve a mesma porcentagem de reajuste salarial, 4.18%, que não foi aceita porque a categoria reivindica de 10 a 15%. Rafael alegou que o município não tem dinheiro.
“Alguns dados foram questionados por mim na reunião e hoje, vamos nos reunir com o secretário de administração porque eles dizem que a folha de pagamento está em R$ 79 milhões, mas é R$ 71 milhões”, disse Stoller em entrevista.
A classe servidora reivindicam também o aumento do valor do auxílio alimentação que é R$ 200,00 há 10 anos, fim do teto para este benefício e melhores condições de trabalho.
JN Notíciais em Foco, aguarda retorno da assessoria do Prefeito Rafael Diniz. Ontem, a informação foi a de que a porcentagem de aumento acima dos 4,18% ultrapassaria o limite de gastos permitidos pela Lei de responsabilidade fiscal.

Por: Sandra Santos

Você pode Gostar de:

Governo do Rio institui programa de horas extras (RAS) para agentes do Degase Somente poderão ser incluídos no programa aqueles que estiverem em efetivo exercício no órgão de origem ou lotados na secretaria à qual se subordinam

O governo do estado instituiu o Regime Adicional de Serviços (RAS) para os agentes de segurança …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *