Ultimas Noticias
Home / Campos RJ / Vereadores aliados de Rafael pisam no Regimento para não aprovarem Audiência Pública sobre contrato entre Prefeitura e Águas do Paraíba

Vereadores aliados de Rafael pisam no Regimento para não aprovarem Audiência Pública sobre contrato entre Prefeitura e Águas do Paraíba

Pegou mal para os vereadores da base de sustentação do prefeito Rafael Diniz. Na sessão da Câmara desta terça-feira (15) eles pisaram no Regimento Interno da Casa de Leis. Os vereadores, liderados pelo líder do Governo, Paulo César Genázio, votaram contra um requerimento do vereador Eduardo Crespo.

No requerimento, Eduardo solicitou ao presidente da Casa, vereador Fred Machado, a utilização do espaço da Câmara para realizar uma Audiência Pública para a sociedade debater sobre os termos do contrato da Prefeitura com a empresa Águas do Paraíba.

Ocorre que Eduardo Crespo estava fora de Campos e não pôde ponderar na terça-feira sobre o “equívoco” dos vereadores, conforme ele diplomaticamente classificou o episódio na sessão de hoje por conta de “um ruído de comunicação”.

“Destaquei na sessão dessa quarta-feira (16) que por ruído de comunicação, os vereadores da base de sustentação do governo negaram na sessão de terça-feira (15) o requerimento que solicitei o espaço da Câmara para realizar Audiência Pública”, declarou Crespo.

Durante sua fala na sessão, Eduardo Crespo Lembrou que por questão de ordem não cabe ao Plenário votar contra ou a favor da realização de Audiências Públicas, pois o Artigo 77 do Regimento Interno da Casa disciplina que a decisão pela realização ou não de Audiência Pública é de competência dos membros das Comissões. Por ser um clamor da sociedade campista discutir as demandas da Águas do Paraíba, a Comissão decidiu aprovar a Audiência Pública.

Na ocasião, dessa decisão, Eduardo Crespo era presidente da Comissão dos Serviços Concedidos e encaminhei o pedido do espaço da Câmara para o evento que foi agendado para o dia 24 deste mês de outubro.

Após as ponderações feitas por Crespo na sessão, o vereador Silvinho Martins, que embora na terça-feira tenha criticado Águas do Paraíba, mas seguiu o líder Genázio, e votou contra o requerimento de Eduardo, ontem, declarou que também vai pedir a Audiência Pública.

Diferentemente do vereador Silvinho Martins (no Centro da foto), os demais vereadores da base de sustentação do governo que se posicionaram contra a Audiência Pública de Águas do Paraíba, não se posicionaram.

Por: Sandra Santos

Você pode Gostar de:

Violência em Campos assusta a população e chama a atenção das autoridades policiais. Foram dois mortos três feridos e um cachorro tambem executado

Em menos de 12 horas entre este domingo (03) esta segunda-feira (04) cinco pessoas foram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *