Home / Campos RJ / Vigia escolar executado a tiros em Guarus. Alessandro Batista não tinha antecedentes criminais.

Vigia escolar executado a tiros em Guarus. Alessandro Batista não tinha antecedentes criminais.

Foto: Divulgação

Campos dos Goytacazes registra mais um assassinato este ano. no início da manhã desta terça-feira, (21). O vigia Alessandro Batista dos Santos, conhecido nas como “Dorico”, foi assassinado a tiros na rua Juiz Antônio Braga, no Parque Santa Rosa, em Guarus.

De acordo com informações policiais conseguidas no local do crime, “Dorico”, foi morto quando estava na calçada, em frente a uma residência. Sem antecedentes criminais a vítima trabalhava como vigia na Escola Municipal Eunícia Ferreira da Silva mas, residia no Parque Santa Clara.

As informações iniciais foram as de que, com o pai de criação, que reside no bairro onde ocorreu o crime, a vítima iria se encontrar para levar o seu carro à oficina mecânica.

A notícia do assassinato surpreendeu amigos e familiares de “Dorico”, já que se tratava de um homem trabalhador e que se soubesse não tinha inimigos. O corpo da vítima, foi removido para o Instituto Médico legal (IML) onde foi necropsiado e liberado para sepultamento.

Policiais da Delegacia de Guarus, estão investigando o caso, em princípio como execução.

Por: Sandra Santos

Você pode Gostar de:

Corpo encontrado no mar sanjoanense por aeronave da Marinha pode ser da pequena Khamile de 7 anos. A menina sumiu no mar de Farol de São Tomé, em Campos dos Goytacazes no domingo (19)

Um corpo foi encontrado nesta terça-feira (21) em alto mar, na praia do Açu, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *